Ir para o conteúdo principal
Bosch em Portugal
Tiago Teixeira, Fullstack Developer

"Saber que estou a contribuir para o crescimento de uma empresa da dimensão da Bosch torna-se um fator de grande motivação"

Tiago Teixeira

Tiago Teixeira é formado em Engenharia Informática pela Universidade de Coimbra e pelo Instituto Superior Técnico. Ingressou a Bosch em 2020, trabalhando atualmente na unidade de AA (Automative Aftermarket), na Bosch Termotecnologia, em Aveiro.

Fala-nos um pouco sobre o teu percurso académico e profissional, como chegaste até aqui?

O meu percurso académico começou na Universidade de Coimbra, onde me licenciei em Engenharia Informática em 2017. Optei de seguida por frequentar o mestrado no Instituto Superior Técnico em Lisboa, que terminei em 2020. No final do mestrado, regressei a Coimbra e fazia-me todo o sentido procurar uma oportunidade profissional mais perto da minha cidade.

Aí surgiu a possibilidade de ingressar na Bosch, numa primeira experiência profissional como Software Engineer, para uma posição de Fullstack Developer, que me deu a oportunidade de desenvolver competências em tecnologias Backend e Frontend. Ingressei então na unidade de AA (Automotive Aftermarket), mais em concreto na equipa de Aveiro. Entretanto já estou na Bosch faz dois anos e tenho a certeza que não podia ter tido melhor primeira experiência profissional.

Qual é a tua função na Bosch? Como se caracteriza o teu dia-a-dia de trabalho?

A unidade de AA (Automotive Aftermarket) onde estou inserido é responsável pelo desenvolvimento de soluções para o mercado automóvel pós-venda, mais em concreto, somos responsáveis por desenvolver soluções de diagnóstico automóvel multimarca.

Apesar dos headquarters da unidade serem em Estugarda, temos equipas espalhadas por todo o mundo, sendo uma delas a nossa na Bosch Termotecnologia, em Aveiro, mas também com localizações na América do Norte e na Índia.

Numa vertente mais técnica, desenvolvemos software usando a metodologia SCRUM, sendo que desde que entrei na Bosch tenho trabalhado mais frequentemente com as frameworks Angular e Spring Boot (java e kotlin). É uma preocupação constante dentro da Bosch estarmos sempre a par do estado da arte, ou seja, das tecnologias mais “evoluídas” e estáveis do mercado, o que nos permite ir sempre aumentando o nosso leque de conhecimento como Developers.

Tiago Teixeira
"Criamos relações não só como colegas, mas, principalmente, como amigos."
Tiago Teixeira

Como lidas diariamente com uma equipa internacional e multidisciplinar?

O facto de sermos uma unidade internacional permite-nos uma troca de conhecimento muito positiva com colegas de outros países, não só ao nível profissional, mas também ao nível pessoal, já que praticamente todos os dias interagimos em conjunto.

É frequente recebermos a visita dos colegas de outras localizações, principalmente de Estugarda ou vice-versa, ou seja sermos nós a viajar até essa localização. Sempre que há a possibilidade de estarmos juntos pessoalmente, além da discussão de tópicos importantes em relação à unidade, aproveitamos sempre para organizar algumas atividades fora do ambiente de trabalho que normalmente culminam num jantar de equipa bastante animado. São sempre momentos muito importantes para fazer crescer a relação de equipa, com colegas com os quais normalmente só estamos habituados a interagir remotamente.

Na nossa localização de Aveiro somos constituídos por duas equipas Scrum, cada uma constituída por Developers multidisciplinares com vários níveis de experiência, de juriores até séniores. A maioria dos colegas são Fullstack, mas em ambas as equipas temos colegas ou com mais experiência e conhecimento em Frontend, ou em Backend, o que permite uma partilha de conhecimento muito positiva para todos.

Tiago Teixeira

O que te motiva mais na tua função?

Diria que a parte mais motivadora na minha função é todos os dias lidar com desafios diferentes, e para cada um deles procurar a solução mais correta considerando todos os fatores. Saber que estou a contribuir para o crescimento de uma empresa da dimensão da Bosch torna-se só por si um fator de grande motivação, já que sabemos que estamos a ajudar milhares de pessoas em todo o mundo.

É também uma motivação muito grande saber que trabalho com uma equipa com um ambiente de interajuda muito bom, em que criamos relações não só como colegas, mas, principalmente, como amigos.

Que conselho darias a alguém que está a pensar iniciar a sua carreira na tua área funcional?

O meu conselho para quem está a iniciar a carreira de Software Engineer é que tentem aprender o máximo possível com os colegas com mais experiência, ou seja, que procurem começar numa equipa onde possam colaborar com outros engenheiros não só mais experientes, mas com vasto conhecimento em várias tecnologias e conceitos. E não esquecer que não existem perguntas estúpidas! Perguntem, interessem-se, errem...faz tudo parte do processo de aprendizagem.

t

Tiago Teixeira

Fullstack Developer na Bosch Termotecnologia

Sou o Tiago Teixeira, nasci em Coimbra, onde vivo ainda hoje, depois de dois anos a viver em Lisboa enquanto frequentava o mestrado. Durante estes dois anos na capital tive a oportunidade de conhecer duas realidades diferentes, tanto a nível académico como em termos sociais, com todas as diferenças reconhecidas entre ambas as cidades.

Fora do ambiente profissional aprecio muito passar tempo com os meus amigos e conhecer sítios novos, sendo que este é talvez o meu hobby de eleição. Sou também um grande fã de Fórmula 1 e do meu Sporting.