Ir para o conteúdo principal
Bosch em Portugal

Um verão diferente, mas cheio de oportunidades

Jump In

Tens planos para este verão?

Os estágios de verão são uma excelente oportunidade de conhecer o mercado de trabalho sem comprometer o rendimento académico. Para além disso, num ambiente cada vez mais competitivo, começares a pensar desde cedo no futuro, pode fazer a diferença. A Bosch dá-te essa oportunidade.

Conhece o percurso de pessoas como tu

Amália Carvalho

Amália Carvalho

Amália Carvalho

“Existem escolas, existem universidades e depois existe a Bosch. ”

Começar um estágio na Bosch em 2013 foi a escola das escolas. Cinco anos depois, continuo a sentir fascínio por ver milhares de pessoas (mais de 4800), numa só organização, a sucederem e a crescerem ano após ano. Poder aprender comunicação interna e institucional nesta multinacional tem sido um privilégio absoluto, desde o primeiro dia. A Bosch reconhece e investe na comunicação de uma forma que me permite ser eu própria, criativa, sonhadora, mas com o benefício acrescido de me dar a estrutura de conhecimento e recursos necessários para alcançar resultados bem-sucedidos.

Estagiar na Bosch é crescer continuamente.

Amália Carvalho
Paulo Pereira

Paulo Pereira

Paulo Pereira

“Durante este percurso, tive a oportunidade de crescer, aprender e de me desenvolver.”

Desde cedo senti a necessidade de colocar em prática tudo o que ia aprendendo. Para isso nada melhor que um estágio. Quando percebi que a Bosch iria recrutar no campus da minha Universidade, pelo programa “RoadShow Bosch”, não hesitei! Estava ali a oportunidade perfeita para explorar um mundo novo através de um curto estágio de Verão.

No final do Verão surgiu a oportunidade de prolongar o estágio. Assim, foi possível conciliar a teoria com a prática, revelando-se um marco bastante importante para o meu desenvolvimento. A distância entre ambas é, por vezes, muito grande, ou como dizia Aristóteles “O inteiro é mais do que a simples soma de suas partes”.

Quando surgiu a vaga para Embedded Software Developer não a podia deixar escapar. Candidatei-me e agora cá estou eu, pronto a iniciar funções brevemente, levando comigo o mesmo espírito inicial, dando o meu melhor e contribuindo para o desenvolvimento da Bosch.

Paulo Pereira
Teresa Araújo

Teresa Araújo

Teresa Araújo

“A entrada como estagiária para a Bosch foi uma excelente oportunidade. Sermos acompanhados e orientados por alguém disponível na entrada no mundo do trabalho é, sem dúvida, um grande suporte.”

Estava ainda a terminar o curso quando entreguei o meu CV à Bosch.

A empresa proporcionou-me ótimas aprendizagens e condições de trabalho. Entrei para o desenvolvimento na divisão de CM-CI2. Tive um mentor excecional que esteve sempre disponível para me orientar e ensinar, mas sobretudo sempre me apoiou, me desafiou e me deixou mais confiante para dar o melhor de mim.

No final do estágio surgiu a tão desejada possibilidade de continuar ligada à Bosch. Hoje, esta ligação à divisão de CC-PS já conta com seis meses e é onde trabalhamos no desenvolvimento de sensores para a indústria automóvel.

Teresa Araújo
Nuno Silva

Nuno Silva

Nuno Silva

“81 meses Bosch, Trabalhei com 15 nacionalidades, 14 Produtos, 4 funções, 3 meses assignment EUA, 1 Patente.”

Terminado o Mestrado em Eng. Mecânica, o estágio Bosch proporcionou a integração em projetos reais, mas com o devido acompanhamento e espaço para propor novas ideias, sem ter receio de falhar. Neste processo, aprendi métodos de trabalho e adquiri confiança nas soluções propostas. Be optimistic, Be committed, Be Bosch!

Nuno Silva
Jump In Jumbo

Descobre onde podes passar o teu verão

mapa portugal