Para explorar todas as funcionalidades deste website, são necessários cookies. Por favor ative os cookies e efetue um refresh no navegador. Após o refresh, uma janela de diálogo sobre gestão de cookies será mostrada.

Este website utiliza cookies por razões de funcionalidade, comodidade e estatística. Poderá alterar esta configuração a qualquer momento, clicando em "Alterar configurações". Caso concorde com esse uso de cookies clique em "Sim, eu concordo". A nossa política de privacidade

Bosch, Vodafone e Huawei tornam possível a comunicação entre carros inteligentes

 
 
 

Contactos


Bosch Portugal
Comunicação Corporativa
Av. Infante D. Henrique, Lote 2E-3E
1800-220 Lisboa
Portugal
Telefone +351 218 500 117

 

24/01/2018 | Portugal | Notícias Corporativas

 Sucesso nos testes: a tecnologia Cellular-V2X melhora os sistemas de assistência à condução que deixam de ser apenas um alerta ao condutor e passam a apoiá-lo ativamente.

 Pela primeira vez na Europa: Bosch, Vodafone e Huawei testam no terreno esta tecnologia.

 Em tempo real: a comunicação entre carros torna a condução mais descontraída, eficiente e segura.

Estugarda, Alemanha – É sexta-feira à tarde e o trânsito na autoestrada A9, perto de Munique, está caótico. É necessária concentração máxima pois existem carros a mudar de faixa constantemente, forçando o condutor a travar abruptamente – causa de muitos acidentes, trânsito lento e stress. A telefonia móvel inteligente pode atenuar alguns destes problemas e ajudar a prevenir situações perigosas no trânsito, evitando que se tornem ainda mais críticas.

Conhecida como Cellular-V2X (veículo para tudo), esta tecnologia torna possível que os automóveis comuniquem entre si e com o que os rodeia através de telefonia móvel. Desde de fevereiro de 2017, a Bosch, a Vodafone e a Huawei têm vindo a testar esta nova tecnologia de alta-performance e são as primeiras empresas na Europa a fazê-lo. A autoestrada A9, na Baviera, é a localização escolhida para testes no terreno com os primeiros módulos 5G. Pela primeira vez, as empresas estão a demonstrar que os sistemas de condução assistida, como é o caso do ACC Cruise Control adaptativo, beneficiam diretamente e instantaneamente da troca de informação entre veículos.

Até agora, a Cellular-V2X tem sido usada como sistema de alerta em tempo real quando se muda de faixa nas autoestradas ou em caso de travagem brusca. Por sua vez, o ACC não avisa apenas o condutor como também acelera e trava automaticamente. Desta forma, este novo sistema de telefonia móvel abre caminho para a condução autónoma. O objetivo de conectar por completo o tráfego envolverá “ensinar” os veículos a comunicar entre si e a trocar informação sobre partes do cruzamento que não são visíveis ao condutor, para lá de uma lomba, sobre o carro ao lado ou sobre o que está à nossa frente, enquanto viajamos na autoestrada.

Uma visão para além do alcance dos sensores

O ACC cruise control adaptativo mantém a velocidade especificada pelo condutor e – graças a um sensor de radar – uma distância de segurança entre o seu veículo e o da frente. Deteta igualmente veículos que mudam de faixa repentinamente assim que entram no campo de ação dos sensores de radar. Quando os automóveis comunicam diretamente e em tempo real através da Cellular-V2X, é possível detetar esses comportamentos ainda mais cedo. Através da telefonia móvel, os carros conectados podem transmitir informação diretamente, como a sua posição e velocidade, a todos os veículos num raio de mais de 300 metros. Para além disso, podem fazê-lo sem que haja um sistema intermédio, via pontos base, e virtualmente sem atrasos. Isto faz com que um veículo reconheça o comportamento de outros ao seu redor. Se houver, por exemplo, uma mudança de faixa repentina do veículo ao lado, o ACC percebe o que está a acontecer e a velocidade é ajustada, fazendo essa mudança de forma segura. Mesmo em situações de trânsito intenso, esta função torna a condução mais suave e menos stressante para o condutor, prevenindo acelerações e travagens bruscas. O trânsito torna-se assim mais fluído e eficiente.

Mais informações disponíveis em:

A Bosch é representada em Portugal pela Bosch Termotecnologia, em Aveiro, a Bosch Car Multimedia Portugal, em Braga, e a Bosch Security Systems – Sistemas de Segurança, em Ovar. Nestas localizações, a empresa desenvolve e fabrica soluções de água quente, multimédia automóvel e sistemas de segurança e comunicação, 95% dos quais exportadas para os mercados internacionais. A sede do Grupo no país está em Lisboa, onde são realizadas atividades de vendas, marketing, contabilidade e comunicação, bem serviços partilhados de recursos humanos e comunicação para o Grupo Bosch. Além disso, a empresa possui ainda um uma subsidiária da BSH Eletrodomésticos, em Lisboa. Com mais de 4.000 colaboradores, a Bosch é um dos maiores empregadores industriais de Portugal e gerou, em 2016, 1,1 mil milhões de euros em vendas internas.

Visite as nossas redes sociais em

www.facebook.com/GrupoBoschPortugal

www.linkedin.com/company/bosch-portugal

Grupo Bosch

O Grupo Bosch é líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 390.000 colaboradores em todo o mundo (a 31.12.2016), que contribuíram para gerar uma faturação de 73,1 mil milhões de euros em 2016. As operações do Grupo estão divididas em quatro áreas de negócio: Soluções de Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo, e Tecnologia de Energia e Edifícios. Líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades Inteligentes, mobilidade e indústria conectada. A empresa utiliza o seu conhecimento em tecnologia de sensores, software e serviços, bem como a sua própria cloud IoT para oferecer aos seus clientes soluções conectadas e em diversos domínios a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico da Bosch é fornecer inovações para uma vida conectada. Os produtos e serviços do Grupo Bosch são concebidos para cativar e melhorar a qualidade de vida das pessoas através de soluções inovadoras e úteis. Desta forma, a empresa oferece mundialmente "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 450 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede mundial de desenvolvimento, produção e distribuição da Bosch está presente em quase todos os países. A sua força inovadora é a base para a continuidade do crescimento da empresa. Em cerca de 120 localizações em todo o mundo, a Bosch empresa 59.000 colaboradores em investigação e desenvolvimento.

A empresa foi fundada em Estugarda no ano de 1886 por Robert Bosch (1861-1942) como uma “oficina de mecânica de precisão e eletricidade”. A estrutura acionista da Robert Bosch GmbH garante a autonomia empresarial do Grupo Bosch, tornando possível o planeamento a longo prazo e a realização de investimentos significativos para salvaguarda do seu futuro. 92 por cento das ações da Robert Bosch GmbH são detidas pela Fundação Robert Bosch, uma fundação beneficente. A maioria dos direitos de voto é detida pela Robert Bosch Industrieltreuhand KG, uma trust industrial a quem está cometida a gestão dos ativos empresariais. As restantes ações são detidas pela família Bosch e pela Robert Bosch GmbH.

Para mais informações, consultar:

www.bosch.com

www.bosch-press.com

twitter.com/BoschPresse