Para explorar todas as funcionalidades deste website, são necessários cookies. Por favor ative os cookies e efetue um refresh no navegador. Após o refresh, uma janela de diálogo sobre gestão de cookies será mostrada.

Este website utiliza cookies por razões de funcionalidade, comodidade e estatística. Poderá alterar esta configuração a qualquer momento, clicando em "Alterar configurações". Caso concorde com esse uso de cookies clique em "Sim, eu concordo". A nossa política de privacidade

Soluções Bosch para a mobilidade urbana

 
 
 

Contactos


Bosch Portugal
Comunicação Corporativa
EN 16 - Km 3.7 - Cacia
3800-533 Aveiro
Portugal
Telefone +351 234 925 000

 

06/07/2017 | Portugal | Notícias Corporativas

  • Desde a partilha do carro ao estacionamento: soluções para mobilidade livre de stresses
  • Desde ABS aos robocabs: soluções para a mobilidade livre de acidentes
  • Desde synfuels às e-scooters: soluções para mobilidade livre de emissões

Soluções para mobilidade livre de stresses

COUP: A Bosch já oferece serviços de mobilidade para cidades de grande dimensão. O serviço de partilha da e-scotter COUP é um dos exemplos. Após ter sido lançado em Berlim, foi agora inaugurado em Paris. A Bosch colocou 1.600 scooters na estrada, número que continuará a crescer.

Automotive Cloud Suite: No próximo ano, a Bosch vai lançar o Automative Cloud Suite, a plataforma de software que é praticamente a peça central da mobilidade conectada. Isto permite aos condutores o acesso ao estacionamento online e às suas casas inteligentes enquanto estão na estrada.

Intermodal: Em Julho de 2017, a Bosch inicia o período de teste para um assistente de mobilidade que encontra a forma mais rápida de se mover por um determinado trajeto na cidade: usando conexões entre serviços de mobilidade já existentes na base de dados e em tempo real. Graças à nova app, as pessoas chegarão ao seu destino de forma mais eficiente, as cidades poderão gerir melhor o volume do seu tráfego, e as empresas de transportes irão melhorar a utilização dos transportes públicos.

Estacionamento conectado: Passo a passo, os projetos da Bosch estão a ajudar a remover o stress na procura de estacionamento. Atualmente, esta procura contribui para um terço do tráfego urbano. Quer seja estacionamento proveniente das viagens diárias para o trabalho, gestão ativa do parque ou o serviço autónomo de valet parking, as soluções da Bosch para a conectividade e estacionamento autónomo ajudam a poupar tempo e combustível, e poupam as pessoas dos nervos.

Mapa HD: Antes de esta década acabar, a Bosch terá criado um mapa digital de alta definição que contem também as leituras dos sensores de radar. A Bosch está a trabalhar neste projeto com a empresa holandesa TomTom, assim como com os fornecedores chineses AutoNavi, Baidu e NavInfo.

Logística conectada: Nos próximos anos, a Bosch irá também conectar e tornar autónomo o tráfego de mercadorias. A empresa está a desenvolver novos serviços de logística. Num dos casos, sensores de micromecânica integrados monitorizam as mercadorias. O objetivo é reduzir os custos, melhorar a eficiência da logística, e aliviar a infraestrutura.

Carros conectados: Na próxima década, a conectividade vai andar de mão dada com transformações no carro. Este vai tornar-se numa terceira espaço para viver, juntamente com o lar e o local de trabalho. No futuro, gestos simples vão ser tudo o que é preciso para realizar compras online ou reservar uma e-bike enquanto o utilizador está ao volante, tal como demonstra o showcar conectado da Bosch.

Soluções para mobilidade livre de acidentes

ABS e ESP: Os anjos da guarda eletrónicos ABS e ESP estão a permitir conquistas pioneiras da Bosch. Em algum momento, já protegeram milhões de pessoas de uma colisão através do controlo automático da travagem ou de uma alteração de mudança do volante num segundo.

E-bike ABS: Está a tornar-se cada vez mais seguro andar de pedelec. A Bosch está a lançar o primeiro sistema antibloqueio de travagem para e-bikes. Esta inovação previne que a roda da frente bloqueie e a de trás levante. Desta forma, a distância de travagem pode ser reduzida e o risco de voar por cima do guiador ou de cair da bicicleta pode ser minimizado.

Motocicleta ABS: O Bosch ABS10 para motociclos é pequeno e ligeiro. Comparado com o ABS 9, os engenheiros da Bosch conseguiram reduzir o peso do sistema de travagem antibloqueio em cerca de 30% e o tamanho em cerca de 45%. Para além de otimizar o tamanho e o peso, o foco também era reduzir os custos. Como resultado, o sistema é agora adequado para utilizar em motociclos pequenos com deslocamento até 250cc – um segmento que é tanto sensível ao preço como popular em mercados emergentes.

Controlo de estabilidade MSC para motociclos: O controlo de estabilidade MSC é um tipo de ESP para motociclos. Ao monitorizar parâmetros de duas rodas, tais como o ângulo de inclinação, o sistema pode de forma instantânea ajustar a sua travagem elétrica e intervir na aceleração, de modo a que se adeque ao estado atual de andamento. Desta forma, o sistema Bosch pode prevenir a bicicleta de andar de lado ou endireitar-se quando trava em curvas, uma das maiores causas dos acidentes.

Escudo digital: Os investigadores de acidentes da Bosch estimam que a comunicação entre motas e carros pode prevenir perto de um terço dos acidentes. Até dez vezes por segundo, os veículos com um raio de várias centenas de metros trocam informação sobre o tipo de veículo, a velocidade, a posição, e a direção da viagem. Por outras palavras, muito antes de uma mota aparecer no campo de visão, esta tecnologia avisa os condutores e os sensores nos seus veículos que uma mota está a aproximar-se. Isto permite aos condutores conduzirem melhor e de forma mais defensiva.

Sistemas de assistência ao condutor: Estes co-pilotos invisíveis ajudam os condutores em situações de tráfego monótono ou difícil. Monitorizam a envolvente do carro com a ajuda de radares, vídeo e sensores ultrassónicos. Ajudam ainda a conduzir e a travar o carro no estacionamento, a mudar de faixas, ou ainda quando está parado no trânsito. Sistemas de assistência ao condutor podem prevenir acidentes e são precursores na condução autónoma.

Condução autónoma: No começo da próxima década, em colaboração com a Daimler, a Bosch quer tornar possível a condução urbana totalmente autónoma (SAE nível 4) e a mobilidade sem condutor. Os seus objetivos incluem o desenvolvimento e o começo da produção de um sistema autónomo de condução para robocabs.

eCall para motociclos: Com base em algoritmos inteligentes, o eCall deteta quando um motociclista está envolvido numa colisão, transmite automaticamente uma chamada de emergência e informa os serviços sobre o tipo de veículo e a sua posição.

Soluções no caminho para uma mobilidade livre de emissões

RDE: Este ano vamos assistir pela primeira vez à certificação de modelos diesel que cumprem com os padrões Euro 6 para emissões reais de condução, ou RDE. A Bosch está atualmente a trabalhar em cerca de 300 projetos RDE com os seus consumidores. A empresa quer ajudar os fabricantes de automóveis nos seus esforços para tornar as emissões de óxido de nitroso dos veículos a diesel ainda mais baixos. Nos “test drives” urbanos, a Bosch já demonstrou que é possível.

Filtros de partículas: Na Europa, a Bosch não vai dar continuidade ao trabalho dos engenheiros em motores de ignição por faísca que não são compostos por filtros de partículas. Desde que o filtro de partículas foi introduzido, o diesel nunca mais teve problemas de partículas e o objetivo é alcançar o mesmo resultado para os motores a gasolina.

Tecnologia de 48 volts: A rede de 48 volts é adequada para um nível de entrada nas transmissões híbridas. A empresa está a realizar um bom negócio com esta tecnologia. Só em 2016 na China, por exemplo, a Bosch ganhou cinco grandes encomendas para a sua tecnologia de baterias de 48-volts.

Mobilidade elétrica ligeira: Sistemas “transmissão” totalmente elétricos de 48-volts estarão presentes em veículos muito pequenos e leves para a mobilidade urbana pessoal. A Bosch está também a equipar estes veículos, tanto os E-Schwalbe de duas rodas como também os e.Go de quatro rodas.

E-axle: De modo a tornar veículos maiores capazes de conduzir de forma elétrica, a Bosch está a trabalhar no desenvolvimento de sistemas de alta voltagem. O eixo elétrico – um motor, de potência elétrica, e transmissão integrada numa única entrada – é exemplo disso. É altamente eficiente e simples de estandardizar.

Quilómetro final: A eletromobilidade da Bosch já está a ser experienciada no tráfego de entregas urbano na Alemanha. A Bosch fornece o sistema transmissão para as streetscooters das estações de correios alemãs. Esta é a maior frota de veículos elétricos da Europa.

Synfuels: O motor de combustão por si só pode tornar-se numa transmissão alternativa caso funcione a combustível sintético, produzido através de energia renovável. O motor passaria a ser neutro em relação ao CO2 e iria conservar os recursos. Muitos caminhos seguem em direção a uma mobilidade livre de emissões, e a Bosch está a explorá-los a todos.

A Bosch é representada em Portugal pela Bosch Termotecnologia, em Aveiro, a Bosch Car Multimedia Portugal, em Braga, e a Bosch Security Systems – Sistemas de Segurança, em Ovar. Nestas localizações, a empresa desenvolve e fabrica soluções de água quente, multimédia automóvel e sistemas de segurança e comunicação, 95% dos quais exportadas para os mercados internacionais. A sede do Grupo no país está em Lisboa, onde são realizadas atividades de vendas, marketing, contabilidade e comunicação, bem serviços partilhados de recursos humanos e comunicação para o Grupo Bosch. Além disso, a empresa possui ainda um uma subsidiária da BSH Eletrodomésticos, em Lisboa. Com mais de 4.000 colaboradores, a Bosch é um dos maiores empregadores industriais de Portugal e gerou, em 2016, 1,1 mil milhões de euros em vendas internas.

Visite as nossas redes sociais em

www.facebook.com/GrupoBoschPortugal

www.linkedin.com/company/bosch-portugal

Grupo Bosch

O Grupo Bosch é líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 390.000 colaboradores em todo o mundo (a 31.12.2016), que contribuíram para gerar uma faturação de 73,1 mil milhões de euros em 2016. As operações do Grupo estão divididas em quatro áreas de negócio: Soluções de Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo, e Tecnologia de Energia e Edifícios. Líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades Inteligentes, mobilidade e indústria conectada. A empresa utiliza o seu conhecimento em tecnologia de sensores, software e serviços, bem como a sua própria cloud IoT para oferecer aos seus clientes soluções conectadas e em diversos domínios a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico da Bosch é fornecer inovações para uma vida conectada. Os produtos e serviços do Grupo Bosch são concebidos para cativar e melhorar a qualidade de vida das pessoas através de soluções inovadoras e úteis. Desta forma, a empresa oferece mundialmente "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 450 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede mundial de desenvolvimento, produção e distribuição da Bosch está presente em quase todos os países. A sua força inovadora é a base para a continuidade do crescimento da empresa. Em cerca de 120 localizações em todo o mundo, a Bosch empresa 59.000 colaboradores em investigação e desenvolvimento.

A empresa foi fundada em Estugarda no ano de 1886 por Robert Bosch (1861-1942) como uma “oficina de mecânica de precisão e eletricidade”. A estrutura acionista da Robert Bosch GmbH garante a autonomia empresarial do Grupo Bosch, tornando possível o planeamento a longo prazo e a realização de investimentos significativos para salvaguarda do seu futuro. 92 por cento das ações da Robert Bosch GmbH são detidas pela Fundação Robert Bosch, uma fundação beneficente. A maioria dos direitos de voto é detida pela Robert Bosch Industrieltreuhand KG, uma trust industrial a quem está cometida a gestão dos ativos empresariais. As restantes ações são detidas pela família Bosch e pela Robert Bosch GmbH.

Para mais informações, consultar:

www.bosch.com

www.bosch-press.com

twitter.com/BoschPresse