Para explorar todas as funcionalidades deste website, são necessários cookies. Por favor ative os cookies e efetue um refresh no navegador. Após o refresh, uma janela de diálogo sobre gestão de cookies será mostrada.

Este website utiliza cookies por razões de funcionalidade, comodidade e estatística. Poderá alterar esta configuração a qualquer momento, clicando em "Alterar configurações". Caso concorde com esse uso de cookies clique em "Sim, eu concordo". A nossa política de privacidade

Bosch regista vendas recorde de 1,1 mil milhões de euros em Portugal

 
 
 

Contactos


Bosch Portugal
Comunicação Corporativa
EN 16 - Km 3.7 - Cacia
3800-533 Aveiro
Portugal
Telefone +351 234 925 000

 

17/05/2017 | Portugal | Notícias Corporativas

Resultados financeiros 2016

Soluções de mobilidade são o principal fator para o crescimento

  • Vendas em Portugal crescem 18 por cento, para 1,1 mil milhões de euros
  • Mais de 400 novos empregos em 2016, 250 em I&D
  • Investimento de 88 milhões de euros no país em 2016
  • Bosch prevê um desenvolvimento positivo do negócio em Portugal em 2017

A Bosch, empresa líder no fornecimento de tecnologia e serviços, terminou o ano de 2016 em Portugal com um valor de vendas recorde de 1,1 mil milhões de euros, incluindo vendas de empresas não consolidadas e entregas internas a empresas afiliadas. Este valor representa um aumento significativo de 18 por cento quando comparado com os números registados em 2015. No mercado local, a Bosch Portugal teve um ligeiro decréscimo relativamente ao ano anterior com vendas de 211 milhões de euros. “Estamos a reforçar a nossa presença em Portugal com soluções de elevada qualidade e inovadoras, soluções essas que não são apenas produzidas mas também pensadas e desenvolvidas localmente”, afirma Javier González Pareja, Presidente do Grupo Bosch em Portugal e Espanha. “As unidades portuguesas estão a trabalhar com tecnologias de produção conectada em tópicos chave para a Bosch tais como cidades inteligentes, casas inteligentes e soluções de mobilidade. Desta forma, a Bosch está a definir o futuro – isso vai ajudar-nos a expandir ainda mais as nossas atividades em Portugal”, acrescenta González.

A Bosch continua a ser um dos maiores exportadores de Portugal, exportando mais de 95 por cento da sua produção para mais de 50 países em todo o mundo. Tendo em conta os resultados do primeiro trimestre de 2017, a Bosch espera crescer de forma significativa em Portugal.

Investimento em I&D como base para o sucesso em Portugal

Em 2016 o Grupo Bosch investiu cerca de 100 milhões de euros em Portugal com destaque para os projetos de I&D em Aveiro e Braga, e a expansão das três fábricas no país. A Bosch considera que o contínuo investimento em atividades de I&D e produtos inovadores são parte essencial da estratégia para reforçar o negócio em Portugal. Com perto de 500 engenheiros altamente qualificados, a Bosch tem uma das maiores equipas do país completamente dedicadas a projetos de I&D, trabalhando em casas inteligentes e soluções de mobilidade conectada. “Hoje, a Bosch Portugal representa não só o Made in Portugal, mas também o Invented em Portugal. Desenvolvemos e produzimos localmente soluções inovadoras para mercados locais e globais. Devemos esta força aos nossos colaboradores altamente qualificados e talentosos, mas também às nossas valiosas parcerias com as universidades e com o governo", afirmou Carlos Ribas, Representante do Grupo Bosch em Portugal.

Em Braga, mais de 300 engenheiros trabalham no desenvolvimento e produção de soluções inovadoras de multimédia automóvel e sensores para veículos de duas e quatro rodas. Para além disso, a Bosch está a potenciar ainda mais a sua capacidade inovadora ao estabelecer uma parceria com uma das principais universidades no país: com o apoio de investigadores da Universidade do Minho que trabalham em equipa juntamente com engenheiros da Bosch, a empresa está a contribuir para o desenvolvimento de soluções de mobilidade conectada. No total, mais de 550 engenheiros altamente qualificados trabalham exclusivamente neste projeto, tanto na Bosch como na Universidade.

A unidade da Bosch em Aveiro, centro de competências global para soluções de água quente no negócio da Termotecnologia, inaugurou o seu segundo edifício de I&D e iniciou o inovador projeto Smart Green Home em parceria com a Universidade de Aveiro. A equipa vai desenvolver soluções de água quente inovadoras focadas na conectividade, energias renováveis e eficiência energética para tornar as casas mais sustentáveis.

Novos empregos para colaboradores altamente qualificados

Em 2016 a Bosch criou mais de 400 novos postos de trabalho, mais de metade dos quais para perfis altamente qualificados de engenharia. Esta expansão do número de colaboradores demonstra a confiança na competência dos portugueses.

Com perto de 4.000 colaboradores (a 31 de dezembro de 2016), a Bosch é uma das empresas que mais emprega em Portugal. Os planos são de continuar a recrutar em 2017, consolidando a sua posição como um dos principais empregadores no país. Recentemente a Bosch ficou no TOP20 das empresas mais atrativas para trabalhar em Portugal no “Employer Brand Research 2017”, desenvolvido pela Randstad.

Desenvolvimento das áreas de negócio

A área de Soluções de Mobilidade registou um crescimento significativo em Portugal, sendo responsável por mais de 60 por cento das vendas da companhia em 2016. A Bosch teve um desempenho especialmente bom em sistemas de condução assistida e sistemas de infoentretenimento, os produzidos em Braga. Os produtos aqui produzidos incluem sistemas de navegação para automóvel, head-up displays, e clusters de instrumentos baseados em displays que apresentam um inovador processo de colagem ótica para um brilho único. A Bosch espera continuar a crescer em Braga e para isso irá investir 38 milhões de euros na expansão das suas infraestruturas até 2019 de forma a suportar o aumento de encomendas de fabricantes automóveis.

A área de Tecnologia de Energia e Edifícios gerou perto de um terço das vendas da empresa em Portugal em 2016. As divisões de Termotecnologia e Sistemas de Segurança, em Aveiro e Ovar respetivamente, alcançaram bons resultados nas vendas de soluções conectadas e sistemas de aquecimento. As unidades da Bosch estão a apostar na excelência dos seus produtos e processos como fator de diferenciação: em Aveiro a Bosch recebeu o Red Dot Award e um CES Innovation Award pelo Greentherm 9000iSE, um sistema de aquecimento de água que pode ser ligado e desligado remotamente através de uma app instalada nos smartphones e tablets. Os utilizadores também podem regular a temperatura e monitorizar o status da operação. No caso de anomalia o sistema alerta os utilizadores através do smartphone. A Bosch Ovar foi a primeira fábrica da Bosch fora do setor automóvel a ser distinguida como “finalista” no EFQM European Excellence Award 2016.

Grupo Bosch: Estratégia e perspetivas de negócios para 2017

Para 2017, e à luz de uma perspetiva económica moderada e de incerteza geopolítica, a Bosch pretende alcançar um crescimento no volume de vendas entre três e cinco por cento. Apesar dos investimentos significativos para salvaguardar o futuro da empresa, espera-se que os resultados cresçam. "O sucesso empresarial de hoje dá-nos margem para moldar o mundo de amanhã", disse o Dr. Volkmar Denner, Presidente do Conselho de Administração da Bosch. "Como líder em inovação, estamos a moldar e a conduzir a transformação", acrescentou Denner. Os pontos fundamentais desta transformação são as mudanças na esfera da mobilidade e da conectividade proporcionada pela Internet das Coisas. Até 2020, todos os novos produtos eletrónicos da Bosch serão conectados. A chave para isto é a inteligência artificial (AI). Nos próximos cinco anos, a Bosch vai investir 300 milhões de euros no seu próprio centro de inteligência artificial.

A Bosch é representada em Portugal pela Bosch Termotecnologia, em Aveiro, a Bosch Car Multimedia Portugal, em Braga, e a Bosch Security Systems – Sistemas de Segurança, em Ovar, que desenvolvem e fabricam uma larga gama de produtos, a maior parte dos quais exportados para os mercados internacionais. O Grupo possui ainda um escritório de vendas e a empresa BSH Eletrodomésticos, situados em Lisboa. Com cerca de 3300 colaboradores, a Bosch é um dos maiores empregadores industriais de Portugal e gerou, em 2014, 811 milhões de euros em vendas.

Visite as nossas redes sociais em

www.facebook.com/GrupoBoschPortugal

www.linkedin.com/company/bosch-portugal

Grupo Bosch

O Grupo Bosch é líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 390.000 colaboradores em todo o mundo (a 31.12.2016), que contribuíram para gerar uma faturação de 73,1 mil milhões de euros em 2016. As operações do Grupo estão divididas em quatro áreas de negócio: Soluções de Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo, e Tecnologia de Energia e Edifícios. Líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades Inteligentes, mobilidade e indústria conectada. A empresa utiliza o seu conhecimento em tecnologia de sensores, software e serviços,bvem como a sua própria cloud IoT para oferecer aos seus clientes soluções conectadas e em diversos domínios a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico da Bosch é fornecer inovações para uma vida conectada. Os produtos e serviços do Grupo Bosch são concebidos para cativar e melhorar a qualidade de vida das pessoas através de soluções inovadoras e úteis. Desta forma, a empresa oferece mundialmente "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 450 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede mundial de desenvolvimento, produção e distribuição da Bosch está presente em quase todos os países. A sua força inovadora é a base para a continuidade do crescimento da empresa. Em cerca de 120 localizações em todo o mundo, a Bosch empresa 59.000 colaboradores em investigação e desenvolvimento.

A empresa foi fundada em Estugarda no ano de 1886 por Robert Bosch (1861-1942) como uma “oficina de mecânica de precisão e eletricidade”. A estrutura acionista da Robert Bosch GmbH garante a autonomia empresarial do Grupo Bosch, tornando possível o planeamento a longo prazo e a realização de investimentos significativos para salvaguarda do seu futuro. 92 por cento das ações da Robert Bosch GmbH são detidas pela Fundação Robert Bosch, uma fundação beneficente. A maioria dos direitos de voto é detida pela Robert Bosch Industrieltreuhand KG, uma trust industrial a quem está cometida a gestão dos ativos empresariais. As restantes ações são detidas pela família Bosch e pela Robert Bosch GmbH.

Para mais informações, consultar:

www.bosch.com

www.bosch-press.com

twitter.com/BoschPresse